sábado, 6 de fevereiro de 2016

SEJA COMO MARGÔ

                             Primeira pergunta que você deve se fazer ao ler esse título é: "Quem é Margô?", e logo em seguida é: "Por que devo ser como ela?", pois então aqui vão as respostas, Margô é um nome fictício que eu inventei para uma senhora muito simpática que eu e minha mãe tivemos a honra de encontrar em nosso caminho através do acaso.
                             Era um dia de domingo de chuva forte, propício para ficar na cama até pelo menos umas dez da manhã, entretanto, como a vida não é fácil para ninguém eu tinha que levantar para fazer a segunda fase do exame da OAB, sendo assim, levantei, tomei banho e decidi com meus pais que iríamos comer empada no mercado central de Goiânia antes de ir para a prova.
                             Chegando lá a chuva estava muito forte então meu pai nos deixou na porta e foi estacionar em um lugar mais distante, pois não haviam vagas por perto. Almoçamos em silêncio, em meio a sentimentos de nervosismo, expectativas e discursos motivacionais do meu pai, ou daddy, como prefiro chamá-lo.
                               Após comer, eu e minha mãe decidimos dar uma volta no mercado e meu pai foi para o carro nos esperar como de costume. Demos a nossa volta e então fomos para a porta do mercado tentar ligar para o meu pai para avisarmos que já estávamos prontas enquanto o mundo quase caia com tanta chuva, quando então apareceu a protagonista/ heroína dessa história, que muito gentilmente se aproximou e disse: "Bom dia, pude observar que vocês duas estão ilhadas, e eu estou de guarda-chuva, onde está o carro de vocês? Que eu posso levá-las até lá". Eu e minha mãe agradecemos a senhora com um imenso sorriso estampado no rosto e lhe explicamos que estávamos apenas aguardando o carro que iria parar na porta para nos buscar, então Margô sorriu e seguiu para dentro do mercado.
                               A questão é que se estivermos sempre dispostos a ajudar o próximo e a sermos prestativos seremos cada vez mais como Margô, e por consequência, o mundo será um lugar muito mais agradável de se viver, portanto ofereça o seu melhor em qualquer lugar do mundo, com qualquer pessoa e em qualquer situação.

2 comentários:

  1. Taty, que linda história!! Apaixonada no seu blog! Amei a escolha das palavras! Parabéns!

    ResponderExcluir